6 elementos essenciais para um projeto de Arquitetura Sustentável
Publicado por Sistema MyWay | 22/11/2016

6 elementos essenciais para um projeto de Arquitetura Sustentável

A ideia de sustentabilidade ambiental permeia negócios de diversas áreas, como indústrias de transformação, agricultura e serviços. Os alertas em relação à degradação do meio ambiente estão levando as empresas a adicionar metas referentes à sustentabilidade como indicadores de qualidade.

A arquitetura não poderia ficar de fora e os profissionais desta área também devem se preocupar em fazer projetos sustentáveis. Porém, o que é pode ser chamado de arquitetura sustentável? Os projetos sustentáveis de arquitetura são aqueles pensados de forma a reduzir ou a eliminar impactos ambientais durante sua construção e seu uso.

Os arquitetos precisam conhecer quais pontos dos seus projetos devem ser repensados para atingir estes objetivos. Para ajudá-los a identificação destes pontos, listamos abaixo seis elementos essenciais para que você possa fazer um projeto de arquitetura sustentável.

1. Materiais reciclados

Os materiais utilizados na construção podem causar um grande impacto no meio ambiente. Devido a isso, a reutilização de alguns materiais é fundamental para que seu projeto cause um impacto menor do que o esperado no meio ambiente.

As madeiras de demolição, por exemplo, são madeiras nobres provenientes de antigas construções, dormentes de linhas de trem e cruzetas de postes. Depois de limpas e tratadas, estas madeiras podem dar um acabamento elegante e durável em ambientes internos e externos de uma residência.

2. Materiais ecológicos

Além de reutilizar materiais, o arquiteto também pode utilizar materiais verdes, fabricados por métodos mais ambientalmente amigáveis que os tradicionais.

O tijolo ecológico, por exemplo, adquire sua resistência através da compactação por uma prensa hidráulica, dispensando a queima durante sua fabricação. Além disso, eles têm furos em seu corpo para que eles possam ser encaixados, reduzindo o consumo de argamassa durante a construção.

Outro tipo de material sustentável é a telha ecológica. Esse tipo de telha é fabricado com papel de embalagens reciclado ou fibra vegetal como base, sendo coberto com resinas para protegê-las dos raios UV. Outras também podem receber uma camada de alumínio como reforço.

3. Arquitetura bioclimática

Uma construção bioclimática é aquela feita de maneira a aproveitar as condições climáticas a seu favor, gerando redução no consumo de energia. Por exemplo, as construções podem ser feitas de forma a aproveitar a direção dos ventos e criar um sistema de ventilação natural. Já a direção da incidência da luz solar pode ser utilizada para melhorar tanto a luminosidade da construção quanto seu conforto térmico.

4. Otimização do uso de energia

Além da forma da construção o consumo de energia elétrica pode ser reduzido de outras formas. Uma delas é através do uso de materiais que facilitem colaborem com o isolamento térmico da construção, reduzindo os gastos com o ar-condicionado.

Outra forma de reduzir o consumo é através do uso de energia solar. O investimento em painéis solares retorna na forma de economia na conta de luz. Os painéis podem durar até 25 anos e tem uma manutenção fácil, o que faz com que o investimento se pague durante o seu ciclo de vida.

5. Reaproveitamento de água

A água das chuvas não pode ser usada como água potável, mas ela pode ser reaproveitada para o uso em sanitários, na limpeza da casa ou de carros, e para regar os jardins. Para isso, a construção deve contar com cisternas ou caixas d’água para estes fins. Outra forma de reaproveitar a água é criando um sistema para a sua reutilização, podendo passar ou não por um tratamento. Esta água de reuso deve ter a mesma finalidade da água das chuvas.

6. Espaços verdes

As plantas ajudam a reduzir o calor nos espaços urbanos e também são responsáveis por consumir gás carbônico e produzir oxigênio. Os lugares ideais para a criação de espaços verdes são as varandas e os terraços, mas o verde também pode ser levado para os ambientes internos através dos jardins de inverno. Outra solução para o uso de plantas nas construções é o uso de telhados verdes.

Os elementos acima são essenciais para o desenvolvimento de um projeto de arquitetura sustentável, uma tendência que seguirá forte por muito tempo devido à necessidade de se cuidar do meio ambiente. Leia mais artigos em nosso blog e conheça outras tendências de arquitetura de casas!