Conheça os segredos de um bom projeto de arquitetura
Publicado por | 18/07/2017

Conheça os segredos de um bom projeto de arquitetura

Quem trabalha no ramo de arquitetura e atende empresas e pessoas das classes A e B, sabe muito bem como é importante se manter antenado. Afinal esse público exige soluções muito sofisticadas. Sem dúvida, isso interfere bastante na elaboração de um projeto de arquitetura.

Afinal, ele deve ser ao mesmo tempo viável e salientar os gostos e aspirações do cliente. Também deve ter um objetivo bem definido para evitar alterações inconsistentes e indesejadas. 

Quer saber mais? Confira a seguir a 4 principais características de um bom projeto de arquitetura!

1. Um partido bem definido

Calma, você não está lendo algum texto sobre política ou estudos sociais! O termo “partido” é um jargão utilizado entre os profissionais de arquitetura e que significa o objetivo principal do projeto.

Nesse sentido, um bom projeto de arquitetura tem seu conceito bastante definido. Por exemplo, o planejamento do projeto vai ser baseado na ideia de que a casa deve ser integrada com a natureza e por isso precisa ter ambientes abertos como se fosse um loft.

Outro exemplo é um empreendimento comercial que vai ser projetado de acordo com a estética da marca e produto que ele oferece. Assim, para que o projeto seja bem feito é preciso que haja uma linha de orientação bem especificada. Isso evita soluções aleatórias e inconsistentes, que comprometem a unidade do projeto.

2. Sensibilidade para entender o cliente

De nada vai adiantar um projeto bem feito e bonito se o cliente não o aprovou. Por isso, os profissionais de arquitetura devem entender melhor os desejos e necessidades de seus clientes, o que requer sensibilidade e outras estratégias.

Você pode solicitar ao cliente, por exemplo, que mostre algumas fotos de ambientes que ele admira e que podem servir como inspiração para o projeto. Deixe o cliente falar sobre seus anseios e capte essas informações para formular o projeto.

3. Funcionalidade

Um projeto que não garante a funcionalidade do espaço vai ter poucas chances de sair do papel. É importante considerar as necessidades de uso, os tamanhos adequados dos cômodos, os tipos de materiais, entre outros aspectos. Isso tudo para garantir a praticidade e o conforto na utilização dos espaços que estão sendo projetados.

Logicamente, esse aspecto da funcionalidade deve estar de acordo com hábitos e costumes do cliente. Afinal, uma pessoa que gosta de cozinhar pode não gostar de uma cozinha pequena.

4. Viabilidade técnica e financeira

Muitas vezes os arquitetos são popularmente conhecidos como profissionais que embelezam e encarecem os espaços. De fato, se na elaboração do projeto não for considerada a viabilidade técnica financeira, é possível planejar algo impossível para o orçamento do cliente.

Tendo isso em vista, os custos e o valor de investimento que o cliente tem condições de fazer devem estar ajustados ao projeto. Em outras palavras, materiais, revestimentos e técnicas devem ser articuladas para não comprometer a qualidade da obra e os limites financeiros.

Esses foram alguns segredos para um projeto de arquitetura bem elaborado. É interessante também considerar as vantagens da fotografia para um projeto. Não tenha dúvida: o enquadramento correto e a iluminação precisa podem melhor em muito o aspecto visual do projeto arquitetônico. 

Essas informações foram interessantes para você? Então, não deixe de ficar por dentro das nossas novidades e assine a nossa newsletter!